Search
Close this search box.

Região do Baixo Amazonas receberá viveiros com capacidade para 300 mil mudas

Visualizações: 257

Compartilhar:

Será iniciado, no dia 07 de março, nos municípios de Monte Alegre, Oriximiná, Aveiro, Juruti e Santarém, a segunda etapa da atividade de montagem e instalação de viveiros de produção de mudas, realizada pelo Escritório Regional do Baixo Amazonas, do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do estado do Pará (Ideflor-bio), que resultará na produção de cerca de 300.000 mudas florestais e frutíferas.
A primeira etapa da atividade foi realizada no mês de fevereiro, através de uma força tarefa, envolvendo a Diretoria de Desenvolvimento da Cadeia Florestal (DDF) e o Escritório Regional do Xingu, ambos do Ideflor-bio.
 
O Escritório Regional do Baixo Amazonas é responsável pela instalação de 10 viveiros na região, que abrange os municípios de Alenquer, Aveiro, Belterra, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Oriximiná e Santarém. Dos 10 viveiros, 05 já foram instalados, sendo 01 no município de Belterra (com capacidade de produção para 57.000 mudas); 01 em Mojuí dos Campos (para 14.000 mudas); 01 em de Santarém (para 9.500 mudas); e
02 no município de Alenquer, (sendo 01 localizado na comunidade Camburão, com capacidade para 57.000 mudas, e o outro no PA Curumú, para 9.500 mudas).
 
Os viveiros de produção de mudas são parte integrante do Projeto PROSAF, que vem sendo desenvolvido pelo
Instituto nesta região, desde 2015, sendo um importante instrumento para recuperação de áreas alteradas e/ou degradadas, objeto principal do Projeto, que utiliza como estratégia de ação, a implantação de Sistemas Agroflorestais Comerciais (SAFs). Os Viveiros propiciarão a produção das mudas que serão introduzidas no plantio, sendo, portanto, indispensáveis à implantação do referido sistema.
 
Com dimensionamentos e capacidade de produção variada, os viveiros têm estrutura definida com base no
número de agricultores familiares que serão contemplados e a quantidade de hectares a serem recuperados. A previsão de conclusão da atividade de Montagem dos Viveiros nos municípios é para o dia 11 de abril deste ano, quando será instalado também um viveiro institucional na Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), com capacidade de produção para 14.000 mudas.
 
Além da montagem, ainda serão desenvolvidas capacitações em “Práticas de Produção de Mudas”, e “Mutirão para Produção de Mudas”, que deverá ocorrer ainda no mês de março, prevendo a implantação do sistema, com base no Calendário Agrícola da região.
Após a efetiva implantação dos Sistemas Agroflorestais, o projeto avançará para sua 4ª etapa de ação que
corresponde ao monitoramento e assessoramento técnico, o qual deverá ser realizado junto a instituições parceiras.
 
Histórico
O PROSAF foi criado em 2013, pelo Ideflor-bio, através de sua Diretoria de Desenvolvimento da Cadeia Florestal (DDF), com o objetivo de promover a recuperação de áreas alteradas, através da Implantação de SAFs Comerciais, contribuindo com a segurança alimentar, a geração de renda e a redução do passivo ambiental na agricultura familiar.
 
O público-alvo são agricultores familiares, os quais terão, pelo menos, 01 hectare recuperado de suas propriedades, contribuindo assim, para a redução do passivo ambiental. Através da implantação do PROSAF na região do Baixo Amazonas, estima-se que, cerca de 200 hectares sejam recuperados em áreas provenientes da agricultura familiar. 
Desenvolvido em 04 etapas de ação, o projeto compreende desde o estudo do potencial econômico e perfil do
agricultor familiar, treinamento e capacitação, preparo da área e implantação do SAF e, além do monitoramento e acompanhamento técnico do projeto. Conta ainda com o apoio de entidades públicas parceiras, nas esferas, estadual e municipal, além de Associações, Cooperativas e Sindicatos de Trabalhadores Rurais que também dão suporte à realização das atividades do Projeto.
Texto: Denise
Silva / Ascom Ideflor-bio



Reprodução do Site IDEFLOR-BIO
PUBLICIDADE
99
512x512
athenas-contabilidade-alenquer-01
Veja também

Portal Alenquer

Alenquer - PA - Brasil

CNPJ: 30.819.497/0001-35